Resenha: A Guerra dos Consoles

Nostalgia e o que estava por trás das câmeras em uma das décadas mais importantes da indústria

janeiro 21, 2017 - Games

Não importa se você é ou era mais fã da Nintendo ou da Sega, se você gosta de video games é um livro que deve ser lido, ele tem um foco bem grande na parte da Sega, principalmente no CEO da sega America, Tom Kalinske, que transformou a Sega no que ela foi e trouxe o Sonic que conhecemos para nós. Contando essa história de como transformar uma empresa que tinha 5% do mercado americano de games em uma empresa que detinha 55%.

Alguns das características que são colocadas na Nintendo podemos ver até hoje, o apego aos valores e a forma de trabalho, e que o grande ponto que me chamou a atenção é ambas empresas tiveram a chance de fazer parcerias com a SONY que é a lider do mercado hoje em dia, e por ego? valores empresariais? ou dinheiro? perderam essa oportunidade.

Infográfico da cronologia disponibilizada pela Intrínseca.

Infográfico da cronologia disponibilizada pela Intrínseca - a guerra dos consoles dos anos 90 - Mario x Sonic - Nintendo X Sega

Com certeza é um história inspiradora!
  • Avaliação geral
4.5

Fecha a conta...

Em alguns pontos o livro é um pouco carregado, cheio de fatos que não são muito relevantes, mas no final nós de 30 e poucos anos que crescemos jogando esses jogos nos sentimos parte dessa família que torcia pelo Sonic ou Mário mas principalmente pelo jogos que eles lançavam, queremos saber e nos empolgamos com os fatos.

É uma pena ver o que fizeram com o Sonic (lobisomen?) hoje em dia e que o Mário já não empolga mais, mas saber sobre a década de ouro desses personagens de onde vieram e como ambos morreram na praia é algo que vale cada página para um jogador de 30 e poucos…